Vai casar e está pensando em ter um casamento bem íntimo, minimalista e aconchegante? Quer convidar apenas as pessoas mais próximas ao casal? Deseja cuidar de cada detalhe do seu Grande Dia? Então o mini wedding é pra você!

Nesse estilo de casamento, os noivos realizam uma cerimônia bem menor do que aquela tradicional que já conhecemos, abrindo várias possibilidades para ousar e personalizar este momento tão importante na vida do casal.

Se você está cogitando realizar esse tipo de casamento, se liga nas nossas 5 dicas para organizar o seu mini wedding!

COMO ORGANIZAR UM MINI WEDDING

1. Antes de tudo, defina o orçamento
A realização de um mini wedding pode, sim, ser mais econômica do que a de um casamento tradicional, mas isso não é regra. Com a cerimônia reduzida, principalmente no número de convidados, é possível que os noivos optem por investir em serviços com uma qualidade mais elevada, desencadeando, assim, preços mais caros.

Por outro lado, a chance de simplicidade oferecida por um mini wedding pode acarretar em gastos reduzidos, já que muito da decoração e dos convites, por exemplo, pode ser feito diretamente pelos noivos.

5 dicas para organizar o seu mini wedding

Nos dois casos, o importante é definir como e por quem cada aspecto do casamento será realizado, fazer pesquisas de mercado e, por fim, estabelecer um orçamento geral que guiará os noivos ao longo de toda a jornada de organização do Grande Dia.

2. Seja objetiva na elaboração da lista de convidados
É uma missão difícil selecionar quem vai ou não compartilhar com você um momento tão especial como o seu casamento, sabemos disso. Mas é preciso objetividade nessa hora, ainda mais em um mini wedding, em que a lista de convidados deve contar com, no máximo, 100 nomes.

Então, comece priorizando a família dos noivos e os parentes e amigos mais próximos que, de alguma forma, fazem parte da história do casal e não podem deixar de estar no Grande Dia. Assim, é importante deixar claro no convite do casamento que os convidados não devem levar acompanhantes.

3. Pense bem na escolha do local
O espaço em que o casamento será realizado é muito importante, principalmente se um dos seus objetivos com o mini wedding é ter custos menores. O lugar tem que, ao mesmo tempo, ser confortável e acessível para os convidados, transmitir aconchego e, claro, ter significado para os noivos. Daí, entre locais abertos ou internos, as opções são bem variadas.

O mini wedding pode ser realizado em casa, o que é uma experiência muito interessante para os convidados, que estarão em meio a objetos de família e ambientes que compõem o lar dos noivos. Para isso, certifique-se de que você tem intimidade e confiança em todos os convidados, e que ficará realmente à vontade em recebê-los em um local tão particular como a sua casa.

Outro local interessante para receber o casamento é o restaurante preferido do casal ou aquele em que eles tiveram um primeiro encontro. Nesse caso, é importante observar se o lugar tem capacidade para receber todos convidados e, claro, se pode ser feita a locação para a realização da festa.

5 dicas para organizar o seu mini wedding

4. Quebre protocolos
O clima intimista do mini wedding permite que os noivos fujam um pouco mais das tradições e dos protocolos de casamentos tradicionais. A entrada da noiva e a primeira dança do casal, por exemplo, podem ocorrer de forma mais descontraída.

Os próprios trajes dos noivos podem ser mais leves e informais. O noivo pode fugir do terno pesado e investir em peças com tecidos mais leves, como o linho. Já a noiva pode apostar em um vestido de casamento curto. Nesse caso, é interessante que os vestidos das madrinhas também sigam o estilo descontraído.

5. Personalize e capriche nos detalhes
Uma das grandes vantagens do mini wedding é a possibilidade de se dedicar melhor a cada detalhe do casamento, personalizando tudo que for possível:

  • Com uma lista de convidados reduzida, os próprios noivos podem confeccionar os convites de casamento. Escrever as informações à mão, por exemplo, transmite uma intimidade interessante entre o casal e os convidados. Esse detalhe do trabalho manual pode ser destacado com um carimbo ou etiqueta, a frase mais comum para isso é: “feito à mão e com carinho”. Laços, cordões e renda combinam muito com esse tipo de convite.

  • As lembrancinhas, assim, como os convites, podem ser feitas pelo casal e personalizadas para cada convidado. Cactos, suculentas e outras mini plantas têm sido a opção queridinha dos noivos, que capricham na fofura dos vasinhos.

  • A decoração deve refletir o clima aconchegante e íntimo do mini wedding, e aí vale investir em objetos delicados e minimalistas, para festas em casa; itens rústicos e muitas plantinhas, para casamentos em jardins e no campo; e muitas luminárias e velas, quando o casamento ocorrer à noite.

Legal, né? Com a participação efetiva dos noivos em todos os detalhes do casamento, organizar um mini wedding se torna uma missão de muito amor, união e diversão!

Comentários